Em linhas gerais.

October 21, 2008

Crer e observar

Filed under: Uncategorized — feresdaniel @ 1:41 am
Tags: ,

 

Asa foi o terceiro rei de Judá. Reinou por quarenta e um anos sobre Judá, em Jerusalém.

Nos dias de Asa a terra permaneceu em paz por dez anos. O seu reinado ficou marcado por ser o reinado da alegria, reinado de paz.

Por que o reinado de Asa foi um tempo tão bom e pacifico para o seu povo?

A bíblia nos traz esta resposta. Em 2 Crônicas 14: 2 e 3 dizem tudo.

A E Asa fez o que era bom e reto aos olhos do Senhor, seu Deus, porque tirou os altares dos deuses estranhos e os altos, e quebrou as estátuas, e cortou os bosques. E mandou que Judá buscasse ao Senhor, Deus de seus pais, e que observassem a lei e o mandamento.@

Eis a resposta. Quando nos colocamos na vontade do Senhor, nosso Deus, nos colocamos debaixo de sua graça, e pela misericórdia Dele somos feitos livres de muitas amarras que nos prendem a este mundo material.

É mister um compromisso com Deus; assim como fez o rei Asa. O rei assumiu um compromisso com o Senhor de que mandaria Judá se render aos pés do Deus de seus pais. O Senhor se agrada quando se depara com um coração íntegro e sincero diante dele, um coração disposto a obedecer em verdade. Quando este compromisso é selado com Deus, Ele, por Sua parte, não nos deixa desamparados. É prazer do Senhor que vivamos alegres e despreocupados quanto ás inquietações que nos acometem a todo tempo.

É preciso confiar que o Senhor nos assiste em todos os aspectos de nossa vida. É preciso entender que Deus não tem prazem em castigar, que é um Deus bondoso e misericordioso.

Mas o que é preciso para agradar o coração de Deus?

É preciso mais do que ter um coração sincero e íntegro diante Dele. É necessário que deixemos para traz, atitudes que não são aprazíveis ao Senhor.

A idolatria não é aprazível aos olhos de Deus.

Em Êxodo 20 diz

A Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima dos céus, nem embaixo da terra, nem nas águas embaixo da terra e não te encurvarás a elas nem as servirás… A

Para que sejamos aprovados por Deus é mister abandonar toda idolatria. A idolatria não é somente no sentido tradicional – como é impregnado nas nossas mentes desde pequenos – como se encurvar diante de uma estátua ou artefato semelhante, para que este artefato interceda por nós diante de Deus. A idolatria vai além. Tudo aquilo que ocupa o primeiro lugar em nossa vida é idolatria. Pode ser o trabalho, o cônjuge, os filhos, um artista famoso, enfim tudo aquilo que ocupa o nosso pensamento no lugar que deveria ser ocupado pelas coisas do alto.

Acredito que muitas vezes somos idólatras e não sabemos. Ás vezes estabelecemos um compromisso para estudar a Palavra mas, quando se aproxima o momento desanimamos e decidimos por um motivo ou outro deixar para depois. Seria uma espécie de idolatria disfarçada ou consentida; porque no fundo sabemos que as coisas de Deus não estão ocupando o lugar devido em nossas vidas.

Um mal que assombra a vida cristã – que pode causar uma ferida de morte na carreira do crente – é a permissividade. São concessões que fazemos. São situações que invadem nosso pensamento, e se ali ficarem vão se tornar cada vez mais persuasivas ao ponto de tornarem-se uma ação; a ação.
A ação nos traz um sentimento de que algo errado está sendo feito. É preciso cuidado. A permissividade faz o crente perder sua sensibilidade das coisas do alto. É como uma lepra, acometendo o corpo a ponto de deformá-lo. Se a ação não for coibida, certamente se tornará um hábito. E aí, só a misericórdia de Deus para nos trazer de volta aos Seus braços.

Cuidado com a idolatria!

O reinado de Asa ficou conhecido por suas fortificações e projetos arquitetônicos para proteger suas cidades.

2 Crônicas 14: 6

A E edificou cidades fortes em Judá, porque a terra estava quieta, e não havia guerra contra ele naqueles anos, porquanto o Senhor lhe dera repouso. A

Quando tudo vai bem em nossa vida cristã, é enganoso pensar que se deve ficar parado. Asa mostrou isso construindo suas cidades fortes. Em uma aplicação mais pessoal á nossa carreira cristã associo a construção de cidade ao hábito de jejuar e orar. Quando os fazemos, estamos construindo muralhas, portas e ferrolhos no mundo espiritual. São essas fortificações que nos dão forças em tempos de guerra. Todavia, como toda construção, as fortificações espirituais precisam de manutenção. É preciso exercitar o jejum, a oração e a obediência para que sejamos retos diante de Deus, o nosso Pai. A manutenção preenche as frestas; não permite que um pequeno dano prejudique a estrutura toda.

Quando a guerra nos assola, se as medidas de precaução tomadas estiverem, o mal não nos atingirá, por que temos contato com o Deus Todo-Poderoso. Temos confiança Nele, estamos preparados, por Sua misericórdia para suportar os tempos nublados da vida.

Sl 91.11,12 Diz:
A Porque aos seus anjos dará ordens a teu respeito, para que te guardem em todos os teus caminhos. Eles te sustentarão em suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra.@

Isso é maravilhoso. Quão confortante é saber que Deus nos protege e nos livra do mal, porque ele nos ama. Somos Seus filhos, co-herdeiros de Cristo. É a maior manifestação de amor que existe.

Não há nada no mundo que possa fazer com que Deus nos ame mais, ou menos do que Ele já nos ama. No entanto, Deus se agrade de um coração íntegro e sincero. Deus se agrada daquele que o serve com pureza e verdade. Esse terá bênçãos imensuráveis de Deus, por que mantem sua fé forte, faz manutenções diárias de oração, porque tem intimidade com o Pai.

Isso agrada o coração de Deus.

O que temos feito pra agradar o coração do Pai? Que estado se encontra nossa habitação espiritual.
É tempo de conserto. Chegue mais perto de Deus.

Daniel D. S. Feres.

 *post extraido de amensagemdafe.blogspot.com

Leave a Comment »

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: